Mercados

19 Dez 2014
O que vai marcar 2015 nos mercados

O que vai marcar 2015 nos mercados

Rui Barroso e Marta Marques Silva

No próximo ano, o destino dos mercados continuará nas mãos dos bancos centrais. Mas os investidores estão cada vez mais atentos aos riscos geopolíticos.

0 LEITORES ONLINE
0 LEITORES ONLINE
0 LEITORES ONLINE
0 LEITORES ONLINE
0 LEITORES ONLINE

Editorial

19 Dez 2014

A requisição civil e o futuro da TAP

Económico

O Governo decidiu avançar para a requisição civil para evitara totalidade dos prejuízos da greve total da TAP, anunciada para os dias 27 a 30 de Dezembro.

0 LEITORES ONLINE

Sociedade Aberta

  • António Costa

    O PSD agita-se para a derrota

    Rui Rio diz que vai regressar à política. Maria Luís Albuquerque começa a aparecer. E Nuno Morais Sarmento fala de si na terceira pessoa para afirmar que tudo é possível.
  • António Costa

    O criador e a sua obra

    As sucessivas audições na comissão parlamentar de inquérito ao caso GES/BES estão a servir, ironicamente, para reforçar o isolamento de Ricardo Salgado.
  • Sergei Guriev

    Russia enfrenta tempestade económica sem comandante ao leme

    O crescimento da economia russa será muito pior em 2015, se as sanções não forem levantadas e o preço do petróleo não voltar a subir. A reacção de Moscovo será imprevisível.
  • Pedro Silva Pereira

    A TAP e o Memorando: má-fé ou iliteracia?

    Para quem não sofra de iliteracia nem esteja de má-fé, o que está escrito sobre a TAP no Memorando inicial da “troika” não permite duas interpretações: não está lá nenhum compromisso de privatização total da TAP, ao contrário do previsto para a EDP e a REN.
  • Xavier Rodríguez Martín

    Endoscopias institucionais

    Só o jogo de tronos no principal banco do país permitiu pôr luz sobre umas práticas que, não por serem em alguns casos já imaginadas, continuam hoje a surpreender quando são descritas ao pormenor.
  • Mário Vilalva

    A responsabilidade pelo clima é de todos

    Desde 2009, o Brasil assumiu um compromisso de implementar acções para reduzir emissões entre 36,1% e 38,9% em relação às emissões projectadas até 2020.
  • Sandra Clemente

    Inevitabilidade

    O Governo decretou a requisição civil. Fez bem, é a arma que tem face ao que está em cima da mesa.

ETV

Providência cautelar pode travar requisição civil
  • Quedas superiores a 4% da banca pressionam Lisboa 19/12/2014 00:01:03
  • Beleza inspira beleza 19/12/2014 00:12:16
  • Solução para o BPI deverá passar pela perda de controlo do BFA 19/12/2014 00:01:35
  • Eixo Lisboa-Madrid pressiona plano Juncker nas ligações energéticas 19/12/2014 00:02:37
  • Saiba que gastos pode deduzir na sua declaração de impostos 19/12/2014 00:05:47
  • Greve na TAP e o arquivamento do caso dos submarinos 19/12/2014 00:16:13
  • PS quer solução europeia, maioria e PCP acusam socialistas de indefinição 19/12/2014 00:00:28
  • Providência cautelar pode travar requisição civil 19/12/2014 00:01:46
ver todos

Últimas Notícias

0 LEITORES ONLINE
0 LEITORES ONLINE
0 LEITORES ONLINE

Economia/Política

19 Dez 2014

Rui Rio: “Acreditava em Deus até o meu irmão morrer”

Tânia Madeira

Nasceu com complicações respiratórias, mas recuperou. Com um ano de idade, nova doença grave. Sobreviveu. Uma infância também marcada pela morte do irmão mais novo, facto decisivo para deixar de acreditar em Deus. Hoje, diz que tem um bocadinho de ‘Tio Patinhas’, de sentido de humor, e é implacável quando vê abusos.

0 LEITORES ONLINE
0 LEITORES ONLINE
0 LEITORES ONLINE

Edição Impressa

18 Dez 2014

Trending now

    ir para o topo