IMPRIMIR

Trabalhadores do Minipreço fecham portas em dia de promoções

Os trabalhadores das lojas Minipreço marcaram uma greve para amanhã, entre as 9 horas e as 13h30 para exigirem da empresa a garantia da sua segurança física.

Trabalhadores do Minipreço fecham portas em dia de promoções

Segundo um comunicado do Sindicato dos Trabalhadores do Comércio e Serviços (CESP), "os trabalhadores da DIA / Minipreço vão estar em luta para exigir da Administração da empresa a tomada de medidas de segurança urgentes, que façam frente à crescente onda de assaltos e ameaças com que, diariamente, são confrontados pondo em risco sério a sua integridade física e a dos clientes das lojas".

A loja da Rua dos Anjos, nº 71, "tem sido das mais afectadas e os trabalhadores estão no limite da tolerância, pelo que marcaram uma Greve para o próximo dia 18, 6ª feira, entre as 9h00 e as 13h30", lê-se no documento.

Por isso, os trabalhadores reclamam e exigem da empresa mais segurança e garantia da sua integridade física e exigem, igualmente, meios de protecção adequados, nomeadamente, contra assaltos e outras ameaças.

Isto numa altura em que o Minipreço, do grupo espanhol Dia, decidiu lançar uma campanha de desconto de 50% na carne. A promoção incide sobre carnes embaladas, está condicionada a portadores do cartão "Clube Minipreço" e limitada a um desconto máximo de 20 euros por compra. A campanha já está a decorrer e termina no próximo sábado, dia 19.

Recorde-se que na última promoção do Pingo Doce, a 1 de Maio, assistiram-se a incidentes entre clientes em várias lojas, tendo o seu encerramento sido antecipado para escoar em segurança clientes e funcionários.

PUB
ir para o topo