Empresas

27 Ago 2013

TAP regista prejuízos de 111 milhões de euros no semestre

Hermínia Saraiva
TAP regista prejuízos de 111 milhões de euros no semestre

A TAP fechou semestre com prejuízos de 111 milhões de euros, uma melhoria residual face ao período homólogo.

A TAP fechou os primeiros seis meses de 2013 com prejuízos de 111 milhões de euros, uma melhoria residual face às perdas de 112 milhões de euros alcançadas em igual período do ano passado.

A pressionar os resultados, apesar do crescimento das receitas, estiveram as variações cambiais - com um aumento de 13 milhões - e o aumento dos custos com pessoal, devido ao pagamento de subsídios não pagos em 2012, em resultado da aplicação do Orçamento do Estado.

Perante estes resultados, Fernando Pinto, presidente da companhia aérea, mantém o objectivo de encerrar o ano com resultados positivos. "Apesar destes impactos, a companhia continuou a melhorar os seus níveis de produtividade, mantendo-se a expectativa de atingir um resultado positivo no final do ano", afirmou o gestor citado em comunicado.

No primeiro semestre as receitas chegaram aos 1.094 milhões de euros, com uma valorização de 0,9% face a receitas de 1.084 milhões registadas em igual período do ano passado. A venda de passagens representou 974 milhões de euros, mas o crescimento de 4,4% face à facturação alcançada entre Janeiro e Junho de 2012, ficou abaixo do aumento do número de passageiros transportados que cresceu 4,8% para os 4,931 milhões.

Os custos, que atingiram um total de 1.112 milhões de euros, comparam com uma despesa de 1.098 milhões registada no primeiro semestre de 2012, resultando num crescimento de 1,2%.

Em comunicado, a empresa explica que "devido à sazonalidade do seu mercado, a operação da TAP tem normalmente um desempenho mais favorável no segundo semestre, prevendo-se uma melhoria significativa para o período de Julho a Dezembro - confirmada já pelos resultados de tráfego de Julho - como, aliás, se vem verificando nos últimos anos".

 

x
Recomendadas
x
Social
    0 LEITORES ONLINE

    Comentários

    "O Económico apela aos leitores para que utilizem este espaço para um debate sério e construtivo, dispensando-se, para o bem de todos, o insulto e a injúria gratuitos. Desaconselha-se o uso exclusivo de maiúsculas e a repetição de comentários. Comentários inadequados devem ser denunciados e quando tiverem mais de cinco denúncias serão eliminados. O IP do leitor não será revelado mas ficará registado na base de dados".
    ir para o topo