Assine aqui o Económico

Finanças Pessoais

04 Mai 2012

Ronaldo e Mourinho empatam no duelo dos depósitos

Alexandra Brito
Ronaldo e Mourinho empatam no duelo dos depósitos

As duas estrelas do mundo do futebol voltam a dar a cara por duas campanhas de depósitos do BES e do BCP. Saiba quanto dão a render.

Dentro dos relvados, Cristiano Ronaldo e José Mourinho trabalham no mesmo lado da barricada. Mas fora das quatro linhas e dentro do sector financeiro, as duas estrelas do mundo do futebol são protagonistas de campanhas de depósitos a prazo de bancos rivais. O BES contratou o Cristiano Ronaldo para marcar golos na captação de poupanças. Já o Millennium BCP requisitou José Mourinho para ser o estratega nas suas campanhas de poupanças. Depois de várias iniciativas, as duas estrelas voltam a dar o rosto a novas campanhas dos depósitos: desde o início desta semana que José Mourinho é a cara do Depósito Special One Top; já Cristiano Ronaldo é o protagonista da Conta Rendimento CR. Neste duelo, os depósitos das duas estrelas rendem praticamente o mesmo.

No entanto, existem determinadas situações em que a escolha de um depósito em detrimento do outro pode ser mais vantajoso. Por exemplo, a Conta Rendimento CR é um depósito a cinco anos que remunera a uma taxa fixa anual bruta de 4%. Já o Depósito Special One Top, é uma aplicação financeira a três anos, com uma remuneração crescente a cada ano. Sendo que a taxa média anual bruta vai aumentando consoante o montante investido. Assim, para os investimentos entre 1.000 e 24.999 euros, a remuneração média anual do depósito do Mourinho é de 3,25%. Para montantes entre os 25.000 euros e os 49.999 euros , a taxa média anual é de 4% - em linha com a remuneração oferecida pelo depósito do BES associado ao Cristiano Ronaldo. Já para os investidores que tiverem a carteira mais recheada e tenham disponíveis mais de 50.000 euros para aplicar, o Special One Top oferece uma taxa anual média bruta de 4,125%.

Estes números permitem tirar duas conclusões: para quem tem montantes reduzidos para investir, o depósito do BES é o mais atractivo. Mas para quem tem uma disponibilidade financeira maior para investir - acima de 50.000 mil euros - o depósito do José Mourinho permite ganhos mais elevados.

Convém ressalvar que os dois produtos têm maturidades diferentes: enquanto o depósito do treinador do Real Madrid é uma aplicação a três anos, a taxa oferecida pelo BES na Conta Rendimento CR (de 4%) é garantida para um período mais alargado - cinco anos - o que é um factor que os investidores não devem descurar.

Seja qual for a opção do investidor, um dado é certo: ambos os depósitos estão a praticar taxas de juro mais atractivas face à média do mercado. Segundo os dados do Banco de Portugal, em Fevereiro a taxa média anual praticada pelos bancos para os novos depósitos situava-se nos 3,74%.

Os juros oferecidos por estes depósitos estão também entre os mais elevados praticados no mercado para as mesmas maturidades. Numa pesquisa pela oferta dos dez maiores bancos a operar em Portugal e pelos três bancos online, o Diário Económico encontrou apenas cinco depósitos com juros mais atractivos do que os oferecidos pelo depósito do Mourinho e do Cristiano Ronaldo. A saber: o Caixa PopPrazo não mobilizável (TANB de 4,25%), o Montepio Super Poupança 2012 (TANB de 415%) e os depósitos a prazo a três, quatro e cinco anos do BiG (com TANB respectivas de 4,25%, 4,35% e 4,5%).

Face às anteriores edições, os dois produtos apadrinhados pelos galácticos sofreram alterações. No caso do BCP, a anterior versão do produto de José Mourinho, o Depósito Special One, tinha um prazo mais curto (dois anos) e apresentava taxas de remuneração ligeiramente diferentes. Já a Conta Rendimento associada ao avançado do Real Madrid também tem sofrido modificações ao longo do último ano. Por exemplo, antes da entrada em vigor das novas regras do Banco de Portugal, que vieram impor limites às taxas praticadas nos depósitos a prazo em Novembro passado, o depósito de Cristiano Ronaldo apresentava uma TANB média superior à actual (4,83%). No entanto, o prazo de investimento era mais curto (três anos).


Conta rendimento CR

- Prazo: cinco anos

- Montante mínimo de subscrição: 1.000 euros.

- Não permite reforços de investimento.

- Paga juros semestralmente, que são transferidos para a conta à ordem.

- Remuneração: Tem uma taxa fixa ao longo da vida do depósito. A TANB é de 4%.

- Mobilização: Permite a mobilização antecipada (total ou parcial) a qualquer altura. No entanto, prevê nestes casos a penalização total dos juros vincendos e não pagos.


Depósito Special one Top

- Prazo: três anos

- Montante: 1.000 euros. Prevê também um limite máximo de investimento: 100 mil euros.

- Permite reforços até 29 de Junho de 2012, com montantes a partir dos 1.000 euros.

- Paga juros trimestralmente. Os juros são creditados na conta depósito à ordem.

- A remuneração é feita com taxas que vão crescendo ao longo do período de vida do depósito. Sendo que as taxas aplicadas variam consoante o montante de investimentos. Assim para aplicações a partir de 1.000 euros, a TANB média é de 3,25%. Para montantes superiores a 25 mil euros, a TANB é de 4%. Já para os investimentos superiores a 50 mil euros, a TANB média é de 4,125%.

- Mobilização: permite a mobilização antecipada, parcial ou total, a qualquer momento. No entanto, há lugar a penalização dos juros se o depósito for liquidado fora das datas de pagamento dos juros.

x
Recomendadas
x
Social
    0 LEITORES ONLINE

    Comentários

    "O Económico apela aos leitores para que utilizem este espaço para um debate sério e construtivo, dispensando-se, para o bem de todos, o insulto e a injúria gratuitos. Desaconselha-se o uso exclusivo de maiúsculas e a repetição de comentários. Comentários inadequados devem ser denunciados e quando tiverem mais de cinco denúncias serão eliminados. O IP do leitor não será revelado mas ficará registado na base de dados".
    ir para o topo