Economia

24/05/12 18:15

Redução da pirataria informática criaria 4.200 empregos

Alberto Teixeira

Estudo da Universidade Católica mostra que a redução da pirataria informática em Portugal criaria 4.200 empregos em quatro anos.

Redução da pirataria informática criaria 4.200 empregos

A redução da taxa de pirataria em Portugal dos 40% actuais para 30% nos próximos quatro anos criaria 4.244 novos postos de trabalho e contribuiria para um aumento do PIB em mais de 1,1 mil milhões de euros (cerca de 0,6% do PIB actual), revelou hoje o Centro de Estudos Aplicados da Universidade Católica.

"Pelos ganhos económicos evidenciados no estudo, a evolução pretendida carece de acções concertadas e empenho especial por parte da Justiça, da Tecnologia e da Educação", explica Ricardo Ferreira Reis, coordenador do estudo. "Mas é também evidente que a luta contra a pirataria passa por uma questão cívica e pela sensibilização dos utilizadores ao valor da propriedade intelectual", acrescenta o docente.

O estudo evidencia ainda que, apesar da crise que Portugal atravessa, "a subida expectável [da taxa de pirataria] ainda não se verificou". O fenómeno que pode ser explicado pelas "muitas iniciativas políticas criadas para promover o acesso à informática, nomeadamente os programas de promoção da literacia informática ao nível das escolas, e, sobretudo, os programas de distribuição massiva de computadores pessoais - e-escola e e-escolinha, que vieram permitir um maior nível de utilização de software licenciado". 

Em termos gerais, o estudo da Católica conclui ainda que a pirataria será mais expectável em ambientes menos desenvolvidos, mais pobres, mais corruptos, menos educados e com limitações no acesso tecnológico.

x
Comentários
Disclaimer
"O Económico apela aos leitores para que utilizem este espaço para um debate sério e construtivo, dispensando-se, para o bem de todos, o insulto e a injúria gratuitos. Desaconselha-se o uso exclusivo de maiúsculas e a repetição de comentários. Comentários inadequados devem ser denunciados e quando tiverem mais de cinco denúncias serão eliminados. O IP do leitor não será revelado mas ficará registado na base de dados".
x
Recomendadas
x
Social
    0 LEITORES ONLINE