Trabalho

Saiba as empresas estão a recrutar em Portugal

02/10/12 00:05

Saiba as empresas estão a recrutar em Portugal

Consultoras e tecnológicas aumentam recrutamento para responder ao mercado internacional.

O crescimento das operações das consultoras em países como Angola, Moçambique, Brasil e Cabo-Verde estão a levar os escritórios em Lisboa das principais consultoras a aumentar o recrutamento de quadros até ao final do ano. É o caso da tecnológica Novabase que prevê recrutar 125 pessoas, até ao final do ano. Feitas as contas esta empresa portuguesa sobe assim para 600 o número de quadros que contratou este ano. Um fenómeno explicado pelo "crescimento acelerado" do "negócio internacional da Novabase que representa hoje mais de 30% do total", explica Manuel Beja, director de recursos humanos da empresa. O que faz com que sejam cada vez mais os quadros "envolvidos em projectos internacionais".

Também a KPMG está a "investir e reforçar a estrutura de recursos humanos para suportar o crescimento da actividade, em Portugal e Angola", revela José Portugal, partner com o pelouro do recrutamento e selecção. Mas "uma parcela crescente da actividade tem resultado em projectos realizados no estrangeiro, em países do Médio Oriente, África e América do Sul. Para responder a estas operações continuam com um "programa anual de selecção e recrutamento pontual de recursos com experiência ou com conhecimentos técnicos específicos". Só no último ano recrutaram 112 novos colaboradores, entre os quais 75 recém-diplomados. E vão continuar a contratar, embora não avancem valores concretos. Certo é que anualmente recrutem entre 80 a 100 quadros.

A Deloitte, por seu lado, confirma " uma tendência para o aumento de projectos Cross-borders, que têm vindo a oferecer aos profissionais experiências internacionais. "Com as portas sempre abertas ao talento", a consultora já contratou cerca de 300 pessoas, este ano. Economia, gestão, finanças e contabilidade são as áreas predominantes na hora de recrutar. Mas estas empresas valorizam também, diplomados em engenharia e direito.


Consultoras e tecnológicas

NOVABASE
A empresa NOVABASE prevê contratar cerca de 600 pessoas até ao final do ano. Actualmente " o negócio internacional da NOVABASE representa hoje mais de 30% do total, e está em crescimento acelerado" refere Manuel Beja, director de recursos humanos da empresa, Por isso são "muitos os colaboradores da Novabase envolvidos em projectos internacionais " refere.

KPMG
A consultora espera contratar entre 80 a 100 pessoas. Contratações explicadas pelo fecto de continuarem a "investir e reforçar a estrutura de recursos humanos para suportar o crescimento da nossa actividade, em Portugal e Angola". No ano passado contrataram cerca de 112 novos colaboradores, entre os quais 75 diplomados, que começaram a trabalhar em Angola e Portugal.

Deloitte
A Deloitte continua com "as portas sempre abertas ao talento", mas não especifica quantas pessoas poderão vir a ser contratadas. No ano passado foram recrutadas cerca de 300 pessoas. Estão a aumentar os projectos ‘cross borders' em países como Angola, cabo Verde, Moçambique
mas também Inglaterra, Suiça, Dinamarca, Emiratos ASrabes unidos e Srgenmtina.

Índice
O‘ranking' "The world's Most Atrtractive Employers de 2012" elegeu pela 3º vez, a KPMG como o 2º empregador mais atractivo. Uma posição obtida através de um questionário a cerca de 75 mil estudantes de Gestão de universidades de excelência das principais economias mundiais, como Brasil, Canadá, China, França, Alemanha, Índia, Itália, Japão, Rússia, EUA e Reino Unido.