Política

23/03/11 00:05
Imprimir

Médicos de família podem trabalhar mais sete horas

Catarina Duarte

Governo diz que aumento do horário vai dar médico de família a mais 125 mil portugueses.

Médicos de família podem trabalhar mais sete horas

Governo e sindicatos dos médicos chegaram ontem a acordo para alargar o horário de trabalho dos médicos dos centros de saúde para as 42 horas semanais. Até agora, este clínicos trabalhavam 35 horas por semana.

A medida vai permitir que mais 125 mil portugueses passem a ter médico de família. As contas são do Governo e partem do princípio que a maioria dos médicos venha a adoptar este alargamento do horário de trabalho. "Calculamos que cerca de 500 médicos, que são a maioria, venham a optar por este horário", disse ao Diário Económico o secretário de Estado Adjunto da Saúde, Manuel Pizarro.

Mas o Sindicato Independente dos Médicos (SIM) diz que essa ideia é "rigorosamente falsa", uma vez que mais horário "não significa mais doentes. O que significa é que os médicos ficam com mais horário para o Centro de Saúde e para consultas de recurso, SAP [Serviço de Atendimento Permanente, Consultas Abertas, etc.", pode ler-se num comunicado emitido pelo sindicato.

Faça login, como assinante, para ler esta notícia na integra
Ainda não é assinante?
Garanta e acompanhe toda a informação do Diário Económico, actual, rigorosa e independente.
Escolha a modalidade que mais se adapta às suas necessidades.
subscreva já
x
Comentários
Disclaimer
"O Económico apela aos leitores para que utilizem este espaço para um debate sério e construtivo, dispensando-se, para o bem de todos, o insulto e a injúria gratuitos. Desaconselha-se o uso exclusivo de maiúsculas e a repetição de comentários. Comentários inadequados devem ser denunciados e quando tiverem mais de cinco denúncias serão eliminados. O IP do leitor não será revelado mas ficará registado na base de dados".
x
Recomendadas
x
Social
    0 LEITORES ONLINE