Política

23 Mar 2011

Médicos de família podem trabalhar mais sete horas

Catarina Duarte
Médicos de família podem trabalhar mais sete horas

Governo diz que aumento do horário vai dar médico de família a mais 125 mil portugueses.

Governo e sindicatos dos médicos chegaram ontem a acordo para alargar o horário de trabalho dos médicos dos centros de saúde para as 42 horas semanais. Até agora, este clínicos trabalhavam 35 horas por semana.

A medida vai permitir que mais 125 mil portugueses passem a ter médico de família. As contas são do Governo e partem do princípio que a maioria dos médicos venha a adoptar este alargamento do horário de trabalho. "Calculamos que cerca de 500 médicos, que são a maioria, venham a optar por este horário", disse ao Diário Económico o secretário de Estado Adjunto da Saúde, Manuel Pizarro.

Mas o Sindicato Independente dos Médicos (SIM) diz que essa ideia é "rigorosamente falsa", uma vez que mais horário "não significa mais doentes. O que significa é que os médicos ficam com mais horário para o Centro de Saúde e para consultas de recurso, SAP [Serviço de Atendimento Permanente, Consultas Abertas, etc.", pode ler-se num comunicado emitido pelo sindicato.

Faça login, como assinante, para ler esta notícia na integra
Ainda não é assinante?
Garanta e acompanhe toda a informação do Diário Económico, actual, rigorosa e independente.
Escolha a modalidade que mais se adapta às suas necessidades.
subscreva já
x
Recomendadas
x
Social
    0 LEITORES ONLINE

    Comentários

    "O Económico apela aos leitores para que utilizem este espaço para um debate sério e construtivo, dispensando-se, para o bem de todos, o insulto e a injúria gratuitos. Desaconselha-se o uso exclusivo de maiúsculas e a repetição de comentários. Comentários inadequados devem ser denunciados e quando tiverem mais de cinco denúncias serão eliminados. O IP do leitor não será revelado mas ficará registado na base de dados".
    ir para o topo