Assinaturas 0.36 dia x
IMPRIMIR

Manifestantes pró-russos ocupam administração da cidade de Donetsk

Estão a decorrer em várias cidades do Leste da Ucrânia manifestações a favor da integração regional na Rússia, aumentando as tensões entre Kiev e Moscovo.

Manifestantes pró-russos ocupam administração da cidade de Donetsk


Cerca de 50 manifestantes pró-russos, apoiados por uma multidão de vários milhares de pessoas, conseguiram esta tarde romper o cordão policial em torno do edifício do governador regional de Donetsk - região atribuída pelo novo regime ucraniano a um oligarca - tendo derrubado a bandeira ucraniana e hasteado a russa.

Aos cânticos de "Donetsk é uma cidade russa!", os manifestantes anunciaram ainda a sua intenção de formar uma ‘República de Donetsk', cujo propósito seria o de realizar um referendo para se juntar à Federação Russa, à semelhança do que aconteceu na Crimeia.

Foram registadas manifestações semelhantes em outras cidades do Leste do país, e pelo menos em Lugansk os populares tentaram tomar de assalto o edifício da agência de segurança do Estado da Ucrânia.

Estes confrontos ocorrem numa altura em que as tensões entre Kiev e Moscovo continuam elevadas após a anexação da Crimeia pela Rússia, e porque Moscovo continua a recusar-se a reconhecer o novo governo ucraniano, uma vez que este depôs o ex-presidente Viktor Yanukovych através da força.

O Kremlin já disse que irá defender os direitos dos russos residentes na Ucrânia - que diz estarem sob ameaça do novo governo pró-UE - mas já afirmou repetidamente que não tem "ambições territoriais" relativamente a este país, e que não tenciona intervir militarmente no vizinho. Na semana passada, o governo alemão disse que o presidente Vladmir Putin havia ordenado uma "retirada parcial" das tropas russas da fronteira, algo que não foi confirmado pela NATO.

 

Comentários

"O Económico apela aos leitores para que utilizem este espaço para um debate sério e construtivo, dispensando-se, para o bem de todos, o insulto e a injúria gratuitos. Desaconselha-se o uso exclusivo de maiúsculas e a repetição de comentários. Comentários inadequados devem ser denunciados e quando tiverem mais de cinco denúncias serão eliminados. O IP do leitor não será revelado mas ficará registado na base de dados".

Trending now

    ir para o topo