IMPRIMIR

Majoração do subsídio de desemprego para casais fica fora da taxa de 6%

A majoração do subsídio de desemprego atribuída a casais desempregados com filhos vai ficar fora da taxa de 6%.

Majoração do subsídio de desemprego para casais fica fora da taxa de 6%

O Orçamento do Estado prevê uma taxa de 6% para os subsídios de desemprego e de 5% para subsídios de doença acima de 30 dias.

Além disso, também prevê a continuação da majoração em 10% do subsídio para casais desempregados com filhos.

"É ainda possível isentar desta contribuição a majoração em 10% do subsídio de desemprego para os casais com filhos", disse Mota Soares numa audição sobre o OE. Falta saber se o corte deixa de fora apenas a majoração de 10% ou todo o subsídio.

Caso haja um corte de 6% antes da majoração, apesar de estas pessoas continuarem a ganhar um montante adicional, esse valor será sempre inferior ao montante a que tinham direito este ano.

 

PUB
ir para o topo