Assine aqui o Económico

Economia

26 Out 2012

Majoração do subsídio de desemprego para casais fica fora da taxa de 6%

Cristina Oliveira da Silva
Majoração do subsídio de desemprego para casais fica fora da taxa de 6%

A majoração do subsídio de desemprego atribuída a casais desempregados com filhos vai ficar fora da taxa de 6%.

O Orçamento do Estado prevê uma taxa de 6% para os subsídios de desemprego e de 5% para subsídios de doença acima de 30 dias.

Além disso, também prevê a continuação da majoração em 10% do subsídio para casais desempregados com filhos.

"É ainda possível isentar desta contribuição a majoração em 10% do subsídio de desemprego para os casais com filhos", disse Mota Soares numa audição sobre o OE. Falta saber se o corte deixa de fora apenas a majoração de 10% ou todo o subsídio.

Caso haja um corte de 6% antes da majoração, apesar de estas pessoas continuarem a ganhar um montante adicional, esse valor será sempre inferior ao montante a que tinham direito este ano.

 

x
Recomendadas
x
Social
    0 LEITORES ONLINE

    Comentários

    "O Económico apela aos leitores para que utilizem este espaço para um debate sério e construtivo, dispensando-se, para o bem de todos, o insulto e a injúria gratuitos. Desaconselha-se o uso exclusivo de maiúsculas e a repetição de comentários. Comentários inadequados devem ser denunciados e quando tiverem mais de cinco denúncias serão eliminados. O IP do leitor não será revelado mas ficará registado na base de dados".
    ir para o topo