Política

21 Mar 2013

Mais de 40 mil já assinaram petição contra Sócrates na RTP

Mariana Adam
Mais de 40 mil já assinaram petição contra Sócrates na RTP

A petição on-line “recusamos a presença de José Sócrates como comentador da RTP” foi criada esta manhã.

"Nós, cidadãos e contribuintes portugueses, declaramos por este meio, que recusamos a presença do ex-primeiro-ministro José Sócrates em qualquer programa da RTP, televisão essa que é paga com dinheiros públicos dos contribuintes que sofrem do resultado da má gestão deste senhor. Recusamos liminarmente o branqueamento das acções deste senhor através da TV dos actos de despesismo e gestão danosa, que fez com este país andasse para trás, e não para a frente", este é o texto da petição que foi colocada on-line esta manhã e já conta com 45.111 mil assinaturas.

O Diário de Notícias avança hoje que José Sócrates vai a partir de Abril ter um programa de comentário político na RTP. Esta informação foi confirmada esta manhã ao Económico pelo próprio ex-primeiro-ministro que se recusou, no entanto, a fazer qualquer comentário sobre o seu regresso, remetendo qualquer esclarecimento sobre o assunto para a direcção da RTP.

A notícia, avançada na edição de hoje do Diário de Notícias, refere que as negociações decorreram desde o início do ano e que cada programa será semanal e com duração de 25 minutos. O jornal refere ainda que a presença de José Sócrates na RTP não será remunerada.

De acordo com o DN, a estreia do espaço de comentário político de José Sócrates será antecedida por uma grande entrevista em que o antigo primeiro-ministro pretende esclarecer alguns temas a propósito dos seus seis anos de governação.

 

Recomendadas

x

Social

x
    0 LEITORES ONLINE

    Comentários

    "O Económico apela aos leitores para que utilizem este espaço para um debate sério e construtivo, dispensando-se, para o bem de todos, o insulto e a injúria gratuitos. Desaconselha-se o uso exclusivo de maiúsculas e a repetição de comentários. Comentários inadequados devem ser denunciados e quando tiverem mais de cinco denúncias serão eliminados. O IP do leitor não será revelado mas ficará registado na base de dados".

    Trending now

      ir para o topo