Subscreva aqui o Económico à Uma.

Empresas

04 Mai 2012

Jerónimo Martins só fala depois da posição da Autoridade da Concorrência

Económico com Lusa
Jerónimo Martins só fala depois da posição da Autoridade da Concorrência

A Jerónimo Martins aguarda que a Autoridade da Concorrência (AdC) se pronuncie sobre as eventuais ilegalidades na campanha.

A Jerónimo Martins aguarda que a Autoridade da Concorrência (AdC) se pronuncie sobre as eventuais ilegalidades na campanha promocional dos supermercados Pingo Doce no 1.º de Maio, depois da ASAE ter concluído que há "indícios de incumprimentos".

A ASAE concluiu hoje que se registaram ilegalidades na campanha promocional dos supermercados Pingo Doce no 1.º de Maio, tendo entregue o processo à AdC. Instada pela Lusa a comentar o assunto, fonte oficial da Jerónimo Martins escusou-se a comentar: "Aguardamos serenamente que a Autoridade da Concorrência se pronuncie", disse.

"Após análise de centenas de documentos, foi entregue na Autoridade da Concorrência um processo sobre a matéria, havendo indícios do incumprimento de algumas disposições previstas no decreto lei número 370/90 de 29 de outubro", referiu hoje a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) em comunicado.

A ASAE adianta que iniciou no passado dia 1 de Maio uma averiguação sobre a campanha de desconto da cadeia Pingo Doce, com vista a verificar se existem indícios de vendas com prejuízo, tendo concluído hoje o processo.

 

x
Recomendadas
x
Social
    0 LEITORES ONLINE

    Comentários

    "O Económico apela aos leitores para que utilizem este espaço para um debate sério e construtivo, dispensando-se, para o bem de todos, o insulto e a injúria gratuitos. Desaconselha-se o uso exclusivo de maiúsculas e a repetição de comentários. Comentários inadequados devem ser denunciados e quando tiverem mais de cinco denúncias serão eliminados. O IP do leitor não será revelado mas ficará registado na base de dados".
    ir para o topo