Finanças

31 Dez 2012

Estado entra com 700 milhões no capital do Banif

António Costa
Estado entra com 700 milhões no capital do Banif

O Banif fechou com o Ministério das Finanças e com o Banco de Portugal as condições de recapitalização.

O Banif fechou com o Ministério das Finanças e com o Banco de Portugal as condições de recapitalização que prevêem a entrada do Estado no capital do banco com 700 milhões de euros e mais 400 milhões de CoCos, que perfazem um total de 1100 milhões de euros.

Numa segunda fase, durante o primeiro semestre, realizar-se-á um aumento e capital reservado a accionistas que tem em vista substituir as obrigações convertíveis (CoCos) na totalidade.

De acordo com um comunicado enviado há minutos ao mercado, "a operação apresentada no plano de recapitalização inclui ainda a realização de um aumento do capital no montante de 450 milhões de euros junto de investidores privados, com conclusão prevista até ao final de junho de 2013, e que conta com o compromisso de subscrição no valor de 100 milhões de euros por parte dos dois maiores acionistas atuais do Banif, a Rentipar Financeira SGPS, S.A. e a Auto-Industrial Investimentos e Participações, SGPS, S.A.".

No final destas duas operações, os accionistas privados do Banif deverão controlar a maioria dos direitos de voto do banco. De qualquer forma, esta é a primeira intervenção em que o Estado entra como accionista de um banco privado com vista a garantir o cumprimento dos rácios de capital impostos pelas autoridades.

Recomendadas

x

Social

x
    0 LEITORES ONLINE

    Comentários

    "O Económico apela aos leitores para que utilizem este espaço para um debate sério e construtivo, dispensando-se, para o bem de todos, o insulto e a injúria gratuitos. Desaconselha-se o uso exclusivo de maiúsculas e a repetição de comentários. Comentários inadequados devem ser denunciados e quando tiverem mais de cinco denúncias serão eliminados. O IP do leitor não será revelado mas ficará registado na base de dados".

    Trending now

      ir para o topo