Subscreva aqui o Económico à Uma.

Economia

06 Mar 2013

"Espero que os alemães tenham vontade de conhecer Portugal"

Económico com Lusa

O secretário de Estado do Turismo alemão, Ernst Burgbacher, disse hoje em Berlim que espera que os "alemães tenham vontade de conhecer Portugal" e que é bom para Europa que o país tenha competitividade no sector.

No dia em teve início a Feira Internacional de Turismo de Berlim, Ernst Burgbacher marcou presença no certame onde se reuniu com o seu homólogo português, o secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes, de forma a estabelecer contactos com vista a potencializar Portugal como destino turístico na Alemanha.

"Portugal tem feito um bom caminho no turismo e tem muito a oferecer em segmentos como o da saúde ou da educação e isso é visível nesta feira", afirmou à Lusa Ernst Burgbacher referindo-se também à presença portuguesa na feira berlinense.

O responsável, que apostou em evidenciar o bom caminho que Portugal tem feito no sector do turismo, referiu também que "é bom para Europa e para o país que Portugal tenha um turismo competitivo".

Por fim, o governante germânico concluiu que "espera que os alemães tenham vontade de conhecer Portugal, pois é um país que vale a pena ser conhecido".

As declarações de Ernst Burgbacher decorreram após um encontro com Adolfo Mesquita Nunes, na zona da Feira de Turismo destinada aos expositores portugueses.

Em declarações à Lusa, o secretário de Estado do Turismo português sublinhou que o intuito do encontro com o seu homólogo alemão foi a criação "de pontes que permitam que o mercado alemão procure Portugal nas áreas do turismo de saúde e de bem-estar", assim como a troca de experiências relativamente ao sistema dual existente no ensino de hotelaria em Portugal.

"É um objectivo do governo estabelecer contactos com a Alemanha nestas três áreas, de forma a potenciar ainda mais a vinda de turistas alemães a Portugal", disse o governante português.

Por outro lado, o Adolfo Mesquita Nunes explicou que o mercado alemão é muito importante, pois trata-se do "maior mercado emissor de turistas" e é necessário "potencializar a oferta em áreas como o turismo de aventura, cultural, saúde", entre outras, de "forma a cativar mais turistas alemães".

A Feira Internacional de Turismo de Berlim conta nesta edição com a presença de 55 expositores portugueses, estando representadas sete regiões do país e empresas das áreas da hotelaria, companhias aéreas, agências de receptivo, entre outras.

No total, o certame que decorre de hoje até ao próximo dia 10 de Março, terá a participação de cerca de 10 mil empresas ligadas ao turismo que representam 188 países.

Segundo a organização, a última edição de 2012 foi visitada por mais de 170 mil pessoas.

 

x
Recomendadas
x
Social
    0 LEITORES ONLINE

    Comentários

    "O Económico apela aos leitores para que utilizem este espaço para um debate sério e construtivo, dispensando-se, para o bem de todos, o insulto e a injúria gratuitos. Desaconselha-se o uso exclusivo de maiúsculas e a repetição de comentários. Comentários inadequados devem ser denunciados e quando tiverem mais de cinco denúncias serão eliminados. O IP do leitor não será revelado mas ficará registado na base de dados".
    ir para o topo