Política

12 Mar 2012

CGTP debate hoje aumento do Salário Mínimo Nacional

Económico com Lusa
CGTP debate hoje aumento do Salário Mínimo Nacional

A Comissão executiva da CGTP debate hoje uma proposta de aumento do Salário Mínimo Nacional (SMN) que prevê uma evolução plurianual de modo a chegar aos 600 euros em 2013.

"A CGTP vai tentar encontrar uma fórmula que seja mobilizadora para se conseguir o aumento do Salário Mínimo Nacional, que é auferido por cada vez maior número de trabalhadores e está associado a cada vez mais situações de pobreza", disse à agência Lusa Armando Farias da Comissão executiva da Intersindical.

O aumento do Salário Mínimo Nacional integra a Carta Reivindicativa aprovada pela central sindical no seu último congresso, realizado em Janeiro em Lisboa.

De acordo com dados da CGTP cerca de 11% dos trabalhadores ganham o SMN.

A central sindical reivindicou a instituição do SMN de 500 euros antes do final de 2011 mas tal não aconteceu, apesar de o valor estar previsto no acordo de concertação social de 2006, que definiu aumentos graduais para 5 anos.

O SMN, que não foi aumentado em Janeiro como é habitual, é actualmente de 485 euros.

 

x
Recomendadas
x
Social
    0 LEITORES ONLINE

    Comentários

    "O Económico apela aos leitores para que utilizem este espaço para um debate sério e construtivo, dispensando-se, para o bem de todos, o insulto e a injúria gratuitos. Desaconselha-se o uso exclusivo de maiúsculas e a repetição de comentários. Comentários inadequados devem ser denunciados e quando tiverem mais de cinco denúncias serão eliminados. O IP do leitor não será revelado mas ficará registado na base de dados".
    ir para o topo